Projetos sociais sentem impacto da alta dos alimentos

Ativistas de Londrina relatam aumento na demanda por ajuda e maior dificuldade na obtenção de apoios; comida mais cara explica parte do problema

Cecília França

Foto em destaque: Isaac Fontana

A alta no preço dos alimentos durante a pandemia tem causado impacto em projetos sociais desenvolvidos na periferia de Londrina. Ao mesmo tempo em que a demanda por alimentos e outros itens básicos vem aumentando o número de apoiadores vem caindo. Uma consequência direta da crise. De acordo com pesquisa mensal coordenada pelo Núcleo de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Nupea), a cesta básica na cidade ficou R$ 65 mais cara de março até outubro.

O valor corresponde a um aumento de 15,8% no período. Em março, uma cesta para um adulto custava R$ 412,64; em outubro, R$ 478; para uma família de quatro pessoas o valor subiu de R$ 1.238 para R$ 1.434. Para efeitos de comparação, no mesmo período do ano passado o preço da cesta em Londrina caiu 13%. A pesquisa mensal é coordenada por economistas da Universidade Tecnológica Federal (UTFPR) e da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Continuar lendo “Projetos sociais sentem impacto da alta dos alimentos”