Candidatos a prefeito são convidados a assumir compromissos com a população de rua

Seminário promovido nesta segunda-feira (9) pelo Práxis Itinerante Pop Rua da UEL e parceiros pretende informar postulantes sobre direitos dessas pessoas

Cecília França

Foto em destaque: Bruno Mazonni

Acontece na manhã desta segunda-feira (9), de forma virtual, o II Seminário Temático Práxis Itinerante Pop Rua, com as presenças dos candidatos a prefeito de Londrina. O evento tem como objetivo fornecer informações sobre a população de rua por meio de uma mesa-redonda com as participações de representantes do Ministério Público do Paraná e da Defensoria Pública da União.

Continuar lendo “Candidatos a prefeito são convidados a assumir compromissos com a população de rua”

O ser humano por trás da agressão

José Soriani, filmado sendo expulso com água da frente de um restaurante em Londrina, conta sua história à Lume

Cecília França

José Soriani nos recebeu de forma simpática na mesma calçada em que foi gravado sendo expulso com água da porta de um restaurante em Londrina. Ele não viu o vídeo que tanta reação social causou, contra e a favor da ação do comerciante. “Fiquei sabendo pelo pessoal”, diz, sem pedir para assistir. Parecia bem menos debilitado que na gravação. Os olhos avermelhados estavam vivos, a barba por fazer o incomodava. Faz uma referência rápida ao mau cheiro, teme que nos incomode, mas não reclama. “Eu tô bem, tô sossegado. Tranquilo e elegante”, fala com bom humor.

Continuar lendo “O ser humano por trás da agressão”

‘Tais cenas nos obrigam a nos deparar com aqueles demarcados como não humanos’, diz psicóloga

Vídeo de idoso em situação de rua expulso da calçada de um restaurante são metáforas de uma sociedade opressiva salientada pela pandemia, avalia Flávia Carvalhaes

Cecília França

“A Covid- 19 se instaurou sem pedir licença e nos fez deparar com realidades que sempre existiram e que agora se precipitaram”, explica a psicóloga Flávia Fernandes de Carvalhaes, 42, dedicada ao trabalho e estudo com populações vulneráveis em Londrina. Na última década, Carvalhaes atuou junto a adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas e, por um período mais curto de tempo, com a população de rua.

Doutora em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ela classifica cenas como a registrada na última semana, em que o proprietário de um restaurante joga água para expulsar um idoso de situação de rua da calçada, como “metáforas” da nossa formação social, pela qual alguns grupos e cidadãos são considerados sujeitos de direitos enquanto outros apresentam-se como inferiores.

Continuar lendo “‘Tais cenas nos obrigam a nos deparar com aqueles demarcados como não humanos’, diz psicóloga”

Opinião: Ódio ao padre Júlio Lancellotti é ódio à população de rua

Por Cecília França, editora da Rede Lume de Jornalistas

Foto em destaque: Bruno Mazzoni

O padre Júlio Lancellotti, apoiador da população de rua em São Paulo há décadas, foi alvo de uma campanha de ódio iniciada por um pré-candidato à prefeitura da capital paulista na última semana. Em uma postagem, Arthur do Val o classificou como “cafetão da miséria” e deu a entender que teria um dossiê contra o sacerdote. Após a ameaça virtual, veio a real: um homem de moto passou na rua em que o padre presta atendimento aos moradores de rua e o xingou de “filho da p…” e “defensor de nóia”. Afinal, o que leva alguém a odiar o Padre Júlio Lancellotti?

Continuar lendo “Opinião: Ódio ao padre Júlio Lancellotti é ódio à população de rua”

As muitas faces da população de rua

Em ato do MNPR em Londrina, pessoas em situação de rua mostram seus talentos, suas tristezas, desafios e necessidades

Cecília França

Ao microfone, Marciano fala: “Nós não temos oportunidade. Se tirar nós da Concha, nós vamos pra rodoviária; se tirar da rodoviária, nós vamos pra outro lugar. Não é desrespeito a autoridade, não é desrespeito a ninguém. A gente merece oportunidade, vamos lutar até o fim”. Roberson completa: “Faz uma casa popular por menos de 100 reais, eu pago. Eu sou morador de rua porque eu não tenho casa pra morar”.

Em alto e bom som Andrezza reivindica melhorias para as mulheres: “A gente tá entrando seis e meia da tarde (nos abrigos), saindo, seis, sete horas da manhã, pode estar chovendo ou sol. Pros homens tem integral, tem atividade dos abrigos, a gente tem que ficar na rua”. Emileide solta a voz com o hino gospel “Recomeçar”: “Preciso da tua mão, vem me levantar/ Faz-me teu servo Senhor, me livra do mal/ Quero sentir o teu sangue curar-me/ Agora, meu Senhor, vem restaurar-me“.

Continuar lendo “As muitas faces da população de rua”

Frio faz uma vítima fatal na região; Londrina intensifica ‘Operação Noite Fria’

Homem em situação de rua foi encontrado morto em Arapongas; Londrina também teve noite mais fria do ano

Da redação

A queda brusca de temperatura em toda a região Sul já fez vítimas entre pessoas que vivem nas ruas. Um homem, ainda não identificado, foi encontrado sem vida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na Avenida Gaturamo, em Arapongas (região metropolitana de Londrina), na manhã deste sábado (22). As informações são do site TNOnline.

Continuar lendo “Frio faz uma vítima fatal na região; Londrina intensifica ‘Operação Noite Fria’”

Em Dia Nacional de Luta, população de rua requer acesso a direitos básicos

“A pessoa não nasceu na rua, ela veio de uma família e tem o direito sim de exercer suas funções como cidadão”, diz um dos coordenadores do MNPR em Londrina

Cecília França, com colaboração de Nelson Bortolin

Foto em destaque: Sara Gladys Toninato

Era para acontecer um ato ali mesmo, na rua, mas o tempo chuvoso impediu que a população de rua de Londrina se reunisse fisicamente em seu Dia Nacional de Luta. O ato ainda vai acontecer, assim que o Sol voltar a brilhar, e as reivindicações do movimento estão bem claras. As pessoas em situação de rua ainda lutam por acessos básicos, como a água, banheiros, alimentação regular, políticas de moradia.

Continuar lendo “Em Dia Nacional de Luta, população de rua requer acesso a direitos básicos”

Pessoas em situação de rua são tiradas de terreno para início da construção do SAMU

Em condições extremamente precárias, posto desativado abrigava pessoas há vários anos

Cecília França

Foto: Emerson Dias/NCom

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, anunciou na última segunda-feira (27) o início das obras da nova sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). O local, onde aconteceu a cerimônia – um antigo posto desativado na Avenida Dez de Dezembro – até poucas horas antes servia de abrigo para pessoas em situação de rua. As condições eram de altíssima insalubridade e vulnerabilidade.

Continuar lendo “Pessoas em situação de rua são tiradas de terreno para início da construção do SAMU”

Mortes violentas de pessoas em situação de rua preocupam Movimento: “Crimes de ódio”

Em pouco mais de um mês, três homens foram encontrados carbonizados: dois no Paraná e um em São Paulo

Cecília França

No dia 14 de junho, o corpo de um homem de 60 anos foi encontrado carbonizado embaixo de um viaduto no Bairro Boqueirão, em Curitiba. Conhecido como Edivaldo, ele estava em situação de rua. Anteontem, em Foz do Iguaçu, outro homem, ainda não identificado, foi assassinado em frente a um mototáxi onde costumava dormir. Um suspeito foi preso por atear fogo nele. Outro caso semelhante ocorreu no fim de semana em São Paulo.

Continuar lendo “Mortes violentas de pessoas em situação de rua preocupam Movimento: “Crimes de ódio””

Moradores denunciam retirada de pertences em operação na rodoviária

Cecília França

Pessoas em situação de rua que ocupavam o Terminal Rodoviário de Londrina reclamam que pertences pessoais foram levados durante a operação realizada no local na última quinta-feira. De acordo com os relatos, um caminhão da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) retirou o que havia ficado no saguão após a saída das Kombis com os que foram destinados ao abrigo. Eles reclamam do extravio de roupas, cobertores, colchões e até documentos pessoais.

Continuar lendo “Moradores denunciam retirada de pertences em operação na rodoviária”