As muitas faces da população de rua

Em ato do MNPR em Londrina, pessoas em situação de rua mostram seus talentos, suas tristezas, desafios e necessidades

Cecília França

Ao microfone, Marciano fala: “Nós não temos oportunidade. Se tirar nós da Concha, nós vamos pra rodoviária; se tirar da rodoviária, nós vamos pra outro lugar. Não é desrespeito a autoridade, não é desrespeito a ninguém. A gente merece oportunidade, vamos lutar até o fim”. Roberson completa: “Faz uma casa popular por menos de 100 reais, eu pago. Eu sou morador de rua porque eu não tenho casa pra morar”.

Em alto e bom som Andrezza reivindica melhorias para as mulheres: “A gente tá entrando seis e meia da tarde (nos abrigos), saindo, seis, sete horas da manhã, pode estar chovendo ou sol. Pros homens tem integral, tem atividade dos abrigos, a gente tem que ficar na rua”. Emileide solta a voz com o hino gospel “Recomeçar”: “Preciso da tua mão, vem me levantar/ Faz-me teu servo Senhor, me livra do mal/ Quero sentir o teu sangue curar-me/ Agora, meu Senhor, vem restaurar-me“.

Continuar lendo “As muitas faces da população de rua”

Frio faz uma vítima fatal na região; Londrina intensifica ‘Operação Noite Fria’

Homem em situação de rua foi encontrado morto em Arapongas; Londrina também teve noite mais fria do ano

Da redação

A queda brusca de temperatura em toda a região Sul já fez vítimas entre pessoas que vivem nas ruas. Um homem, ainda não identificado, foi encontrado sem vida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na Avenida Gaturamo, em Arapongas (região metropolitana de Londrina), na manhã deste sábado (22). As informações são do site TNOnline.

Continuar lendo “Frio faz uma vítima fatal na região; Londrina intensifica ‘Operação Noite Fria’”

Coronavírus: isolamento é desafio necessário para proteger população de rua

Com saúde debilitada, reação deles à Covid-19 preocupa; Movimento avalia como positiva estratégia de abrigo do município

Cecília França

Levando-se em conta apenas o fator idade, pessoas em situação de rua em Londrina não seriam consideradas de risco para a Covid-19. A maioria tem entre 25 e 50 anos, de acordo com a pesquisa Pop Rua, divulgada no fim do ano passado, que identificou 930 pessoas nesta situação na cidade. No entanto, as condições de vida e de saúde a que estão submetidas preocupa órgãos públicos e representantes. Por isso, o município ampliou o número de vagas para isolamento, em parceria com a Arquidiocese, como forma de protegê-los.

A estratégia é considerada positiva por André Luís Barbosa, coordenador municipal do Movimento Nacional da População de Rua (MNPR). “Se a nossa sociedade se precaver o vírus vai chegar menor à população de rua. Agora, se um ou dois tiverem contato, a gente não sabe como vai ser, porque eles não se alimentam bem, muitos fazem uso de drogas, têm problemas de bronquite, então, o sistema imunológico está debilitado. Com a sociedade se isolando, e eles também, um protege o outro”, avalia.

Continuar lendo “Coronavírus: isolamento é desafio necessário para proteger população de rua”

Precariedade dos serviços públicos e desejo de mudar de vida estão no cotidiano das pessoas em situação de rua

Pesquisa POP Rua, realizada em Londrina, traz dados importantes sobre esta população e será apresentada nesta segunda (14) em Curitiba

Cecília França
Rede Lume de Jornalistas

O município de Londrina carecia de dados consistentes sobre sua população em situação de rua. Afinal, quantas pessoas compõem este grupo na cidade? Onde se acomodam? Que apoio recebem do poder público? Sem estas respostas a formulação de políticas públicas parecia inócua. Para levantar estes dados foi realizada a Pesquisa POP Rua, com a participação da Universidade Estadual de Londrina (UEL), do Ministério Público de Londrina, da Defensoria Pública, do Centro Pop (Secretaria Municipal de Assistência), do Movimento Nacional dos Moradores de Rua e da Unopar. Os resultados foram apresentados localmente no final do mês de abril e hoje parte dos pesquisadores os apresentam em Curitiba, na sede do Ministério Público do Estado do Paraná (MPE).

Continuar lendo “Precariedade dos serviços públicos e desejo de mudar de vida estão no cotidiano das pessoas em situação de rua”