Brava gente

Imigrantes de países em colapso econômico buscam no Paraná uma vida nova de oportunidades e de paz

Olga Leiria, de Curitiba

Estamos em constante movimento, nos mudando, procurando uma nova casa, um novo bairro, uma nova cidade. Mas alguns se mudam pelo sofrimento político e econômico de seu países. Homens e mulheres que deixam sua terra natal, suas famílias, seus pertences, para começar uma nova vida e realizar seus sonhos. Viajam milhares de quilômetros para encontrar oportunidades, alegria e paz.

O Brasil sempre foi uma terra de oportunidades para imigrantes. Somos uma nação formada por portugueses, espanhóis, italianos, poloneses, ucranianos, japoneses, judeus, turcos, libaneses, alemães. Mas, nos últimos 10 anos, uma grande quantidade de imigrantes chegaram ao país, e também ao Paraná, vindo de outras terras, entre eles haitianos, sírios e venezuelanos. Em Curitiba, no bairro do Umbará (zona sul), a paróquia de São Pedro dispõe de um espaço destinado ao atendimento deles: a Pastoral do Migrante.

Continuar lendo “Brava gente”

Coronavírus: brasileiros relatam experiências com a pandemia no exterior – Anna Melo, Hungria

Mineira de 28 anos revela insegurança da comunidade brasileira em relatar possíveis sintomas da doença às autoridades; premiê Viktor Orbán culpou imigrantes pela entrada do vírus no país

Cecília França

“A situação é de muito desconforto. Não me sinto protegida nem pelo governo húngaro e nem pelo Itamaraty”. Assim a engenheira de dados Anna Melo Grzybowski, 28, resume seu sentimento por estar enfrentando o período de pandemia do novo Coronavírus em Budapeste, capital da Hungria, onde reside e trabalha há um ano e três meses. O país da Europa Central somava ontem 3.035 casos da doença e 351 mortes em decorrência da Covid-19.

Continuar lendo “Coronavírus: brasileiros relatam experiências com a pandemia no exterior – Anna Melo, Hungria”