Desemprego e pandemia: Londrina fecha 6,6 mil postos de trabalho

Outros 37 mil trabalhadores tiveram contratos suspensos ou reduções de jornadas e salários

Cecília França

*Atualizada em 30/09, após revisão dos dados de julho do Caged

Desde o início da pandemia, no mês de março, até o final de julho, Londrina fechou 6.627 vagas de emprego com carteira assinada. Os dados são os mais recentes do Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Comércio e serviços foram os setores mais afetados. O grande número de desligamentos se concentra no mês de abril, com saldo negativo de 3.867 vagas. O período coincide com o primeiro fechamento do setor produtivo, decretado pela prefeitura entre 20 de março e 20 de abril, em função da pandemia do novo Coronavírus. O primeiro caso na cidade foi confirmado em 17 de março.

De março a julho foram 19.494 admissões e 26.121 demissões na cidade. Apenas agropecuária e construção mantiveram saldo positivo, de 17 e 24 vagas, respectivamente. Todos os outros setores fecharam com queda (veja abaixo). Serviços teve o saldo mais negativo: 3.379 vagas a menos, com grande concentração nos segmentos de alojamento e alimentação (-1.415), entre os mais afetados pelo isolamento social decorrente da pandemia. Na sequência, aparece o setor comercial com a maior perda de vagas: -2.083.

Continuar lendo “Desemprego e pandemia: Londrina fecha 6,6 mil postos de trabalho”

MPF processa União por declarações misóginas de Bolsonaro e ministros

Em ação civil pública, promotores querem que o governo federal seja condenado a financiar campanha de combate à discriminação contra a mulher

Nelson Bortolin

Foto em destaque: Isaac Nóbrega/PR

“O Brasil não pode ser o paraíso do turismo gay. Quem quiser vir aqui fazer sexo com uma mulher, fique à vontade. Agora não pode ficar conhecido como paraíso do mundo gay aqui dentro.” Foi por causa de declarações como essa, dadas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que o Ministério Público Federal (MPF), em São Paulo, está processando a União.

Continuar lendo “MPF processa União por declarações misóginas de Bolsonaro e ministros”

FENAJ e outras 400 entidades protocolam pedido de impeachment de Bolsonaro

Pedido foi protocolado na manhã de hoje na Câmara dos Deputados; sete partidos de oposição se uniram a representações da sociedade civil organizada e apontam crimes de responsabilidade do presidente

Da Redação

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), em aliança com sete partidos de oposição e cerca de outras 400 entidades sindicais, sociais e populares, protocolaram, na manhã desta quinta-feira (21), pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro.

Continuar lendo “FENAJ e outras 400 entidades protocolam pedido de impeachment de Bolsonaro”

O presidente perdeu a condição de governar

por Integrantes da Comissão Arns de Defesa dos Direitos Humanos*

O momento é grave. É hora de dar um basta ao desgoverno. Hoje é preciso falar ao conjunto dos brasileiros, nossa população multiétnica, multirracial, com diversidade cultural e distintas visões políticas, 210 milhões de cidadãs e cidadãos. Hora de falar ao povo, detentor e destinatário dos rumos do país.

Continuar lendo “O presidente perdeu a condição de governar”

Lá vem o Brasil descendo a ladeira

Por Paula Vicente e Rafael Colli, integrantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB/Londrina

Nada mais atual e real que o saudoso Moraes Moreira e sua icônica composição “Lá vem o Brasil descendo a ladeira”.

Como nada é tão ruim que não possa piorar, a nossa ladeira é longa e íngreme e o fim parece não chegar nunca. Por mais baixo que desçamos, sempre tem mais um pouquinho para afundar. As últimas semanas nos mostraram o caos em que estamos inseridos, a ameaça que nossa democracia enfrenta, o autoritarismo que corre nas veias de nossos governantes e a histeria e o ódio coletivos de nossa sociedade doente.

Continuar lendo “Lá vem o Brasil descendo a ladeira”

CNBB, OAB e outras entidades divulgam nota em defesa do isolamento social

Da redação

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Comissão Arns, Academia Brasileira de Ciências (ABC), Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) divulgaram hoje nota em que defendem o isolamento social como meio de conter o avanço do novo Coronavírus no Brasil.

A nota recomenda que as pessoas fiquem em casa “respeitando as recomendações da ciência, dos profissionais de saúde e da experiência internacional”. Os signatários, que se reuniram de modo virtual para formular a nota, condenam o que classificam como “campanha de desinformação” desenvolvida pelo presidente Jair Bolsonaro, que conclamou a população a reabrir comércios e retomar a rotina.

Continuar lendo “CNBB, OAB e outras entidades divulgam nota em defesa do isolamento social”

Coronavírus e a distopia da vitória do mercado

Por Paula Vicente e Rafael Colli, integrantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB/Londrina

Em meio à pandemia, ao anunciar do caos e do desespero, nossas mentes inquietas tentaram trazer a vocês, caros leitores, um pouco de esperança e alívio. Mas não deu. Ao invés disso, nossa distopia, nossa pequena imagem de onde estes tempos podem nos levar.

O séc. XX colocou em xeque as ideias capitalistas mais primitivas. A batalha entre “Ocidente” e “Oriente” trouxe ao mundo questionamentos ainda sem respostas certas: A tal liberdade do capitalismo é mesmo livre? Ou será que estamos acorrentados por todos os lados, fadados a sermos uma pequena peça na engrenagem das estruturas sociais? Por outro lado, a socialização do Governo – com ou sem extinção do Estado – nos leva ao patamar desejado de igualdade e liberdade?

Continuar lendo “Coronavírus e a distopia da vitória do mercado”

O mar das violações e o samba da esperança

por Paula Vicente e Rafael Colli, integrantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB/Londrina

Acabou mais um carnaval, a festa de Momo foi intensa como sempre, e agora precisamos nos atualizar sobre os acontecimentos recentes, pensar para onde nossa democracia anda para, finalmente, iniciarmos o ano.

O Presidente da república, mais uma vez, ofendeu gravemente todas as mulheres deste país, por meio de um discurso de ódio que causa inveja ao mais primitivo machista; por outro lado, um grupo de milicianos tentou tomar o Poder da PM do Ceará paralisando o serviço de segurança do Estado e acabou baleando um Senador da república; e, claro, o carnaval e suas lutas em prol dos Direitos Humanos. Muito aconteceu desde nossa última coluna, então preparem-se que temos muito a comentar.
Queremos também, ainda em intróito, nos escusar pela demora no lançamento deste texto. Também somos filhos deste país e bons carnavalescos.

Pois bem, ao trabalho.

Continuar lendo “O mar das violações e o samba da esperança”

Jornalistas se unem contra MP que extingue registro profissional

Medida de Bolsonaro é mais um ataque à profissão, defendem entidades; outras 14 categorias também são atingidas

Cecília França

Jornalistas profissionais de todo o País realizam hoje uma mobilização contra a Medida Provisória 905 (MP 905/2019), publicada no último dia 12 pelo governo Bolsonaro. A medida extingue o registro profissional para o exercício do jornalismo e outras 14 categorias, além de modificar pontos da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) com o discurso de fomentar o emprego entre os jovens. Em Londrina a manifestação está marcada para as 10h no Calçadão, em frente ao Banco do Brasil.

Continuar lendo “Jornalistas se unem contra MP que extingue registro profissional”