Ao reabrir praças de alimentação, prefeitura contraria orientação do Coesp

Secretário de saúde diz que município decidiu ‘bancar’ a decisão

Cecília França
Nelson Bortolin

Foto destaque: Pixabay

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, anunciou no último domingo a reabertura das praças de alimentação dos shoppings centers da cidade, limitadas a 50% da capacidade de público. A decisão contraria orientação do Coesp (Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública) que, em reunião na semana passada, deliberou pela manutenção das medidas restritivas até então vigentes.

Continuar lendo “Ao reabrir praças de alimentação, prefeitura contraria orientação do Coesp”

Segunda parcela do auxílio de R$ 600 começa a ser paga na próxima semana

Mais de um mês após o início dos depósitos da primeira parcela, Ministério da Cidadania divulga calendário que segue até 30 de maio; crédito em conta e saques têm datas diferentes

Cecília França

A Caixa iniciou os depósitos do Auxílio Emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais, Microempreendedores Individuais (MEIs), autônomos e desempregados no dia 9 de abril. A expectativa dos 2,5 milhões de beneficiados nesta primeira data era receber a segunda parcela no mesmo dia do mês de maio, no entanto, o calendário sequencial dos pagamentos só foi divulgado ontem (15) pelo Ministério da Cidadania e os créditos começam nesta segunda (18).

Continuar lendo “Segunda parcela do auxílio de R$ 600 começa a ser paga na próxima semana”

Coronavírus: brasileiros relatam experiências com a pandemia no exterior – Melissa Campus, Itália

Londrinense vivenciou a fase crítica da doença em Milão e relata temor: “Tinha medo de terminar em uma vala comum”

Cecília França

Estar na Itália significa a realização de um sonho para a londrinense Melissa Campus, 43. Mas a atriz e produtora cultural viu este sonho ser atravessado pela pandemia do novo Coronavírus logo que pisou em Milão, em meados de janeiro. Vinte dias depois, viu o centro econômico do país totalmente fechado, o isolamento tornou-se compulsório e o medo a dominou.

Continuar lendo “Coronavírus: brasileiros relatam experiências com a pandemia no exterior – Melissa Campus, Itália”

Coronavírus: brasileiros relatam experiências com a pandemia no exterior – Ana Malacrida Dugan, EUA

Professora paranaense está isolada há im mês em cidade do Estado de Nova York; Estados Unidos têm o maior número de casos e mortes e mortes por Covid-19 do mundo

Cecília França

A professora Ana Paula Malacrida Dugan, 38, não sai da casa onde reside com o marido e a filha, em Saratoga Springs, estado de Nova York, desde 17 de março. A faculdade em que ministra aulas optou por terminar o semestre letivo online, por isso, ela também deixou de levar a filha para a casa da cuidadora que a assistia nos dias de trabalho. As duas permanecem em casa todo o tempo.

Continuar lendo “Coronavírus: brasileiros relatam experiências com a pandemia no exterior – Ana Malacrida Dugan, EUA”

Coronavírus: brasileiros relatam experiências com a pandemia no exterior – Raíssa Alencar, Portugal

Brasileira vive isolamento há um mês e meio, em Lisboa, com os dois filhos, país começa a retomar atividade econômica agora, mas com várias restrições

Cecília França

O comércio de Portugal começou a reabrir nesta segunda-feira, após 45 dias fechado, mas isso não significa que se deva correr às lojas. “Começou a reabrir, mas a recomendação continua sendo ‘só para o essencial’ e a maioria das lojas não está aceitando cliente sem máscara. O governo deixa claro que isso é uma medida ‘teste’ e que podemos retroceder, para ninguém ter a falsa impressão de ‘agora tá tudo resolvido’”, relata a brasileira Raíssa Neves Alencar, 32.

Continuar lendo “Coronavírus: brasileiros relatam experiências com a pandemia no exterior – Raíssa Alencar, Portugal”

“Qualquer crise arrebenta primeiro para as mulheres”, avalia socióloga

Especialista em feminismo e gênero, Silvana Mariano analisa as consequências da crise gerada pela pandemia do Coronavírus e as mudanças necessárias nas nossas relações sociais

Cecília França

Crises econômicas, sociais e mesmo políticas tendem a afetar primeiramente, e mais diretamente, as mulheres. As ações necessárias para o enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus já estão afetando o mercado de trabalho, as relações de cuidado e trazendo uma carga extra de dificuldades para mães, trabalhadoras, cuidadoras. A análise é da socióloga Silvana Mariano.

“Qualquer crise arrebenta mais fortemente primeiro para as mulheres. Imagino que nesse momento até mesmo o esgotamento em termos de saúde mental deve ser muito mais severo para as mulheres”, comenta.

Continuar lendo ““Qualquer crise arrebenta primeiro para as mulheres”, avalia socióloga”

Movimento Nacional dos Direitos Humanos e apoiadores assistem famílias vulneráveis em Londrina

Mais de 400 famílias de ocupações, indígenas e estrangeiros já receberam doações de alimentos e produtos de higiene; arrecadações continuam

Rede Lume de Jornalistas

Um coletivo de humanistas, encabeçado por Carlos Enrique Santana, do Movimento Nacional dos Direitos Humanos (MNDH) está mobilizado desde o início da crise do Coronavírus a fim de minimizar o impacto para famílias mais vulneráveis de Londrina. O coletivo trabalha na arrecadação e doação de mantimentos e já assistiu mais de 400 famílias nas ocupações Flores do Campo, Aparecidinha, Marieta, Maristela e Cristal, além de indígenas e estrangeiros em situação de vulnerabilidade.

Continuar lendo “Movimento Nacional dos Direitos Humanos e apoiadores assistem famílias vulneráveis em Londrina”