Casos de Covid-19 em Londrina se aproximam da média nacional

São 21.892 doentes por um milhão de habitantes, ou 84% do indicador nacional

Nelson Bortolin

Levantamento feito pela Lume mostra o quanto a pandemia do novo coronavírus demorou para chegar em Londrina. E que, neste momento, a desaceleração dos casos de Covid-19 é menor na cidade que na média brasileira.

Continuar lendo “Casos de Covid-19 em Londrina se aproximam da média nacional”

Opinião: É claro que as aulas devem voltar

E por que precisamos parar de fazer essa pergunta

Por Adriana Ito*

Vamos ser diretos: as aulas devem voltar, isso é óbvio. A questão é QUANDO elas devem voltar. Em que condições. Ah, mas é isso que estão querendo dizer quando se perguntam SE as aulas devem voltar. Pois é. Querem dizer, mas não dizem. E a sociedade acaba acreditando que as aulas só podem voltar quando o número de casos de covid diminuir bastante.

E cá estamos, em Londrina há quase sete meses aguardando o dia ideal para o retorno, mesmo cientes do prognóstico: o número de casos vai diminuir, as aulas vão voltar, e o número de casos vai aumentar. É o que já ocorreu em Manaus, e até em países como Estados Unidos e França. E isso significa que então as escolas não deveriam ter retomado as atividades presenciais? Não. Isso significa que ninguém se preparou o suficiente para esse retorno.

Continuar lendo “Opinião: É claro que as aulas devem voltar”

‘Resistência traz potência’

Mãe de três meninas, educadora e mobilizadora, Luana Oliveira é o Conexões Londrina, projeto que é ponte entre recursos e favela em Londrina

Por Mariana Guerin, jornalista e confeiteira em Londrina. Adoça a vida com quitutes e palavras

Lua: satélite que reflete a luz do sol, iluminando a escuridão, dando norte a quem está perdido. Um apelido carinhoso que bem representa a alma da carioca radicada em Londrina há 18 anos, Luana Gomes Maciel Oliveira. Ela iniciou um trabalho de ações comunitárias no município que se tornou fundamental para muitas famílias carentes durante a pandemia do novo coronavírus: o Conexões Londrina.

Continuar lendo “‘Resistência traz potência’”

Londrina vive o pior momento da pandemia

Cidade tem recorde de médias móveis de mortes e de novos casos

Nelson Bortolin

Foto em destaque: Isaac Fontana

Enquanto o Brasil registra queda no número de mortes e de novos casos de Covid-19, Londrina vive seu pior momento da pandemia. Neste sábado (5), a cidade atingiu as médias móveis de 3,29 mortes diárias e de 148 novos casos diários. São os índices mais altos desde o começo da crise.

A média móvel é a soma do número de mortes ou de novos casos nos últimos sete dias dividida por sete. A média de mortes vem crescendo sem parar na cidade desde o dia 24 de agosto, quando foi de 0,71/dia. Anteriormente, havia atingido seu pico no dia 18 de agosto: 2,43. Na última semana a cidade também ultrapassou, pela primeira vez, o índice de 80% de ocupação de leitos de UTI Covid.

Continuar lendo “Londrina vive o pior momento da pandemia”

Terras repartidas que geram alimentos agroecológicos e solidariedade

Produção 100% agroecológica do acampamento Maria Rosa do Contestado, de Castro (PR), está entre as centenas de quilos de alimentos partilhados com quem mais precisa durante a pandemia da Covid-19

Por Carlos Marés, Thais Diniz Santos e Iara Sánchez Roman

Fotos: Théa Tavares

Muitas famílias tiveram a situação de vulnerabilidade social sobremaneira agravada com a pandemia que assola nossa sociedade. Não é só a enfermidade propriamente dita, mas a falta de trabalho, de moradia, de condições para suprir as necessidades mais básicas e que fazem faltar até alimentos para algumas pessoas. Nesses momentos de tragédia humana, onde a displicência e a especulação parecem dominar comportamentos e a realidade, felizmente também se manifesta a solidariedade.

Continuar lendo “Terras repartidas que geram alimentos agroecológicos e solidariedade”

Sem visitas, situação de detentos aflige familiares

Grupo realiza protestos em Londrina e Cambé por mudanças na entrega das sacolas, mais acesso a informações sobre os presos e pautas atemporais, como superlotação e opressão nas cadeias

Cecília França

Familiares de detentos de Londrina e Cambé realizam protestos desde a última semana em frente às unidades prisionais. Com faixas, eles pedem, de imediato, mudanças no sistema de envio da sacola quinzenal aos detentos, liberação de presos de alto risco à Covid-19 e mais acesso a informações sobre o estado de saúde dos detidos. As participantes – sobretudo mulheres (mães, irmãs, esposas) – também levantam pautas atemporais, como fim da superlotação e da opressão nas cadeias.

Continuar lendo “Sem visitas, situação de detentos aflige familiares”

FENAJ e outras 400 entidades protocolam pedido de impeachment de Bolsonaro

Pedido foi protocolado na manhã de hoje na Câmara dos Deputados; sete partidos de oposição se uniram a representações da sociedade civil organizada e apontam crimes de responsabilidade do presidente

Da Redação

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), em aliança com sete partidos de oposição e cerca de outras 400 entidades sindicais, sociais e populares, protocolaram, na manhã desta quinta-feira (21), pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro.

Continuar lendo “FENAJ e outras 400 entidades protocolam pedido de impeachment de Bolsonaro”

Coronavírus: brasileiros relatam experiências com a pandemia no exterior – Kelly França, Austrália

Mineira teve sua rotina totalmente alterada pelo isolamento; Austrália vem tendo sucesso na contenção da Covid-19

Cecília França

Há mais de 15 mil quilômetros do Brasil, a mineira Kelly França Heaney, 40, cumpre isolamento domiciliar ao lado da família. No mês passado, seu filho mais velho completou 4 anos em uma festa sem convidados. Esta não era a ideia inicial, mas os planos mudaram com as medidas impostas pelo governo da Austrália para contenção do novo Coronavírus.

Continuar lendo “Coronavírus: brasileiros relatam experiências com a pandemia no exterior – Kelly França, Austrália”

Coronavírus: brasileiros relatam experiências com a pandemia no exterior – Armando Stocco, Canadá

Paulistano testou positivo para Covid-19, cumpriu intenso isolamento e manda recado aos brasileiros: levem a sério e se isolem

Cecília França

Armando Stocco, 42, sentiu forte dor de garganta, febre baixa, dor no corpo e ligeira falta de ar, como um peso no peito, cinco dias após retornar de uma viagem ao Brasil. O paulistano vive há 20 anos em Vancouver, na província de British Columbia, Canadá, e tão logo sentiu-se mal comunicou seus sintomas ao canal de atendimento disponibilizado pelo governo local. Confirmada a contaminação pelo novo Coronavírus, isolou-se em um quarto da casa que divide com a namorada e a filha de 13 anos. Aparentemente, não transmitiu o vírus.

Continuar lendo “Coronavírus: brasileiros relatam experiências com a pandemia no exterior – Armando Stocco, Canadá”