Amor, morte e Psyque. Erotismo, sexo e razão. “Esta noite realizarei não o seu, mas o meu desejo”

por Melissa Campus, atriz e produtora cultural londrinense, atualmente morando em Milão (Itália)

Primeiramente quero agradecer esta oportunidade e a cada leitor deste Diário Trans. Tenho pensado em como poderei me expressar genuinamente e realizar este trabalho, criar uma identidade própria, surpreender as expectativas.

Continuar lendo “Amor, morte e Psyque. Erotismo, sexo e razão. “Esta noite realizarei não o seu, mas o meu desejo””

Quarto do pânico

Por Paula Vicente e Rafael Colli, integrantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB/Londrina

Os últimos dias foram extremamente agitados no campo político da América Latina, o que nos fez refletir e, claro, ter vontade de escrever sobre Constituição, democracia e cláusulas pétreas. Então, caro leitor: “ Senta que lá vem história!”.


O primeiro grande acontecimento dos últimos dias foi o julgamento no STF das Ações Declaratórias de Constitucionalidade que versavam sobre a prisão apenas após o trânsito em julgado da sentença condenatória, ou seja, a pessoa poder recorrer em liberdade até a última instância. 

Continuar lendo “Quarto do pânico”