A realidade das mulheres trans na América Latina em pandemia

Universitária paranaense, Alessandra Mawu publica artigo sobre movimentos sociais, lutas e vulnerabilidades desta população no contexto da Covid-19

Cecília França

A pandemia do novo Coronavírus evidenciou desigualdades e agravou a realidade dos mais vulneráveis. Pessoas transexuais e travestis, altamente invisibilizadas, enfrentam uma série de violações de direitos humanos básicos mundo afora. Do intuito de jogar luz sobre a vivência desta população na América Latina e no Caribe no contexto da pandemia nasceu o artigo da estudante universitária Alessandra Mawu, 19, de Foz do Iguaçu, publicado pela revista colombiana Ciencias y Humanidades.

O artigo de 30 páginas, ntitulado “La realidad de mujeres transexuales y sus movimientos sociales en Sudamérica en tiempos de COVID-19” (A realidade de mulheres transexuais e seus movimentos sociais na América do Sul em tempos de Covid-19), discorre sobre os movimentos existentes nos países latinoamericanos, como surgiram, quais dificuldades enfrentam, que atitudes tomaram com a chega da pandemia a fim de preservar suas populações, dentre outras peculiaridades, existentes ou não pré-pandemia. A pesquisa sobre os países caribenhos acabou não integrando o artigo em função do espaço restrito, mas vem sendo destacada por Alessandra em outras oportunidades, como um curso que ministrou para a União Nacional LGBT.

Continuar lendo “A realidade das mulheres trans na América Latina em pandemia”