Após confirmação de aulas presenciais em fevereiro, APP vota indicativo de greve

Conselho regional de Londrina já aprovou parecer para paralisação a partir de 18 de fevereiro

Cecília França

Foto em destaque: Seed/PR

A APP-Sindicato realiza neste sábado (23) assembleia geral da categoria para discussão de indicativo de greve já aprovado pelo Conselho Regional da entidade em Londrina, na última quinta-feira. Destacando “as inúmeras lutas que os educadores e educadoras estão enfrentando”, o Conselho sugere estabelecimento de estado de assembleia permanente e indicativo de greve a partir de 18 de fevereiro, data marcada para o início do ano letivo nas escolas estaduais.

Continuar lendo “Após confirmação de aulas presenciais em fevereiro, APP vota indicativo de greve”

Londrina tem dois protestos contra Bolsonaro neste sábado

Carreata e ato no Centro pedem vacina para todos, retomada do auxílio emergencial e saída do presidente

Cecília França

Foto em destaque: Isaac Fontana

A Frente Popular de Londrina e a Ação Antifascista promovem atos neste sábado em Londrina com pautas semelhantes: vacina contra a covid-19 para todos os brasileiros e brasileiras, prorrogação do auxílio emergencial e impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O primeiro será uma carreata, partindo às 10h da prefeitura; o segundo, uma concentração na área central da cidade.

Continuar lendo “Londrina tem dois protestos contra Bolsonaro neste sábado”

Impedidas de fazer o Enem, estudantes não têm orientação sobre segundo dia de provas

Londrinenses não sabem se devem comparecer na prova do próximo domingo ou aguardar nova data: “Me senti totalmente humilhada”, diz uma delas

Cecília França

Foto em destaque: Emanuele no dia da prova/Arquivo Pessoal

As irmãs Emanuele, 20, e Ana Paula Alves Morais, 18, foram retiradas do local onde realizariam a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no último domingo, em Londrina, após lotação de 50% da capacidade da sala. Elas não foram as únicas e denúncias desse tipo surgiram em diversos locais do país. Após registro da ocorrência no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), organizador da prova, Emanuele diz não saber como proceder em relação à segunda etapa da prova, que acontece no próximo domingo (24).

“Não deram assistência nenhuma, não deram comprovante de que comparecemos, não disseram se temos que ir no domingo”, relata a estudante. De acordo com ela, as duas chegaram ao local de prova, em uma faculdade na zona Sul, por volta das 12h30. Ao constatarem que não havia água no prédio (medida de segurança em decorrência da pandemia), saíram para comprar.

Continuar lendo “Impedidas de fazer o Enem, estudantes não têm orientação sobre segundo dia de provas”

Jovem de 23 anos morre vítima da covid-19 em Londrina

Trata-se da pessoa mais nova vítima da doença na cidade; boletim traz oito óbitos nesta quinta

Da Redação

O Boletim Epidemiológico da covid-19 de hoje trouxe mais um triste dado: oito óbitos, sendo quatro de desta quinta-feira e quatro de dias anteriores – dentre estes, o de um jovem de 23 anos que veio a óbito na segunda-feira (18). De acordo com o boletim, o rapaz estava internado em hospital público desde o dia 8 de janeiro após o diagnóstico positivo para covid-19.

Continuar lendo “Jovem de 23 anos morre vítima da covid-19 em Londrina”

A inveja – pecado capital

Por Carlos Monteiro*

Nas minhas raras e honrosas saídas de casa aos domingos, para ‘visita’ ao supermercado e uma volta, de carro, pela cidade com a progenitora deste que vos escreve, com toda a segurança é claro, me deparei com uma Variant 1.6, sim uma Variant, não um TL. Carro da família, protótipo avó das SUVs atuais com motor na parte traseira, refrigeração à ar e dupla carburação.

Vermelho Montana, como era chamada a cor oficial de fábrica – também conhecida por grená ou vinho – no tempo que as cores automotivas se cifravam muitas, algumas de gosto duvidoso e todas com nomes das linhas de esmaltes para unhas atuais.

Continuar lendo “A inveja – pecado capital”

‘Espero que mantenham todos os cuidados’, diz primeira vacinada à população

Fátima Ruiz, coordenadora do Hospital de Retaguarda do HU, foi a primeira a receber a vacina da covid-19 em Londrina e alerta que campanha de imunização demorará a atingir todos

Cecília França

Fátima Ruiz, 52, tem 27 anos de dedicação à saúde. Enfermeira, atua no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e coordena o Hospital de Retaguarda do Hospital Universitário (HU), criado para dar apoio durante a pandemia do novo coronavírus. Fátima foi a escolhida para receber a primeira dose da vacina contra a covid-19 na cidade, na terça-feira (19), dando início à imunização dos grupos prioritários.

“A vacina é a devolução da esperança para o povo”, diz ela em entrevista à Lume. A enfermeira lembra, no entanto, que os cuidados para não disseminação do vírus devem ser mantidos por todos, uma vez que a imunização vai ser lenta. “Espero que mantenham todos os cuidados”.

Continuar lendo “‘Espero que mantenham todos os cuidados’, diz primeira vacinada à população”

Dobra número de mortos por covid com menos de 60 anos

Porcentual de pessoas mais jovens que morreram da doença em Londrina cresceu de 11%, em dezembro, para 22% em janeiro

Nelson Bortolin

O número de mortes por covid registradas nos primeiros 20 dias de janeiro em Londrina, 76, é 41% maior que o do mesmo período de dezembro, 54. E, proporcionalmente, dobrou o número de pessoas com menos de 60 anos entre as que morreram. Foram 17 em janeiro, ou 22% do total, contra 6 em dezembro (11%).

Entre os cinco mortos no boletim epidemiológico da Prefeitura dessa quarta-feira (20), uma jovem de 28 anos e um jovem de 32 anos. Além deles, morreram três mulheres, de 55, 75 e 92 anos.

Continuar lendo “Dobra número de mortos por covid com menos de 60 anos”

O Enem foi um sucesso para quem, ministro?*

Por Sonia Castro Lopes**

(Este texto foi publicado originalmente no Quarentena News)

Foto em destaque: Isaac Fontana

Para o incompetente quarto ministro da educação desse governo execrável, o Enem foi um sucesso. Com 51,5% de ausências só não foi mais exitoso por conta das notícias sobre a pandemia, exageradas em seu entender, e à campanha do #AdiaEnem. Trata-se de uma abstenção recorde, levando-se em conta o índice de candidatos faltosos em 2019 (23,7%). Foi um sucesso para quem?

Continuar lendo “O Enem foi um sucesso para quem, ministro?*”

O horizonte inalcançável da comunicação diante da supervalorização da idiotia

Por Régis Moreira*

O homem é um animal social e para o filósofo, Vilém Flusser, ele consegue se libertar de sua idiotia (privatperson) a partir dos relacionamentos que estabelece com os outros e com o mundo (zoon politikon).  Para ele, o homem é um “idiota (na origem da palavra, uma pessoa privada) caso não tenha aprendido a se servir dos instrumentos de comunicação, como, por exemplo, a língua.  “A idiotia, o ser homem imperfeito, é falta de arte”. A comunicação humana não é natural, é uma construção artificial e codificada, que pressupõe compartilhamento de códigos e os símbolos, em contextos e culturas específicas. Nada tem sentido a priori, mas o sentido é dado às coisas pelos sistemas de codificação do mundo, a partir das abstrações desenvolvidas pelos próprios humanos.

Continuar lendo “O horizonte inalcançável da comunicação diante da supervalorização da idiotia”