Manifestação em Londrina pede justiça por Gabriel Sartori

Ato no próximo dia 15 lembra aniversário do adolescente, morto por um disparo feito por policial militar em 2017

Cecília França

O Movimento Autônomo Popular (MAP) de Londrina prepara uma manifestação para o próximo dia 15 de abril em memória e pedindo justiça por Gabriel Sartori, morto aos 17 anos por disparo de arma de fogo de um policial militar. Gabriel completaria 21 anos nesta data e o ato vai ocorrer em frente ao Colégio Estadual Professora Maria José Aguilera, no Conjunto Cafezal, onde ele foi morto. O julgamento do policial responsável pelo disparo ainda não foi marcado.

A tragédia aconteceu no dia 15 de junho de 2017 no bairro onde Gabriel cresceu. Todos os anos a mãe do adolescente, Cristiane Sartori, realiza protesto na data para que o caso não caia no esquecimento. “Não pode ser esquecido. Enquanto a justiça não me ouvir ou fizer algo”, diz ela à Lume.

De acordo com a perícia, o disparo feito pelo PM Bruno Zangirolami e que vitimou Gabriel ricocheteou na calçada e, depois, no adolescente. O policial deixou de atuar nas ruas, desenvolvendo, desde então, trabalhos burocráticos enquanto aguarda a data do julgamento, protelado devido à pandemia da covid-19.

Para a manifestação do próximo dia 15, os integrantes do MAP pedem que os participantes usem máscara, levem álcool em gel e mantenham o distanciamento. A concentração está marcada para as 18h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s