Se essa rua fosse minha IV

Por Carlos Monteiro*

Na reta final, chegamos lá. Foram muitos passos, muitas andanças, entre ruas, viadutos, quase não lembro de voltar e chegar, mas o Corcovado e Copacabana, esta semana, o mar sou eu. Eu voltei.

Às vezes fica tudo confuso como a rua Monsenhor Confúcio no Centro de Goiânia; é cristão ou adepto da filosofia confucionista? No (rua do) Candomblé, no bairro Linha do Tiro em Recife – não combinam tiro e religião -, é (rua) Axé total em Camaçari. No (rua do) Cristianismo, no Sombra da Tarde em  Barreiras, Bahia, se encontram os clérigos ao entardecer e na penumbra? São muitas, por todo Brasil, as ruas dos Padres, dos Vigários, dos Cardeais e dos Papas, a do Bispo fica no Rio Comprido. No Morumbi, em Uberlândia, está o (rua) Benzedor, no Jardim Trevo, em Mato Grosso, se reúnem os (rua) Benzedores e sua (rua) Erva do Fogo no Jardim dos Ipês em São Paulo. Tudo isso regido pelo (rua) Dedo de Deus no Tatuapé. Sempre fiquei curioso se esse tatu é um dissidente dos ‘tatusconcarro’.

Na Rua, na Chuva, na Fazenda. Há sonoridade por todos os lados. Está na (rua da) Música na Vila Mariana em Santíssimo, na (rua) Melodia na Vila Santana do Cafezal em Belo Horizonte ou no (rua) Som da Vila Brasília em Volta Redonda. Está nos (rua dos) Acordes no Cantinho do Céu em São Paulo. Está nas (praça das) Notas Musicais na Vila Bom Jardim em São Paulo. A (rua) Linda Morena em Botafogo, no (rua) Azul da Cor do Mar do Conjunto Habitacional A E Carvalho em São Paulo é a (rua) Garota de Ipanema em Venda Noma, Minas. A (rua) Geni, em Padre Miguel, foi feita para se jogar pedras, já a (rua da) Construção, em Nova Iguaçu, para atrapalhar o tráfego. A (rua da) Banda em São Bernardo do Campo está lá tocando coisas de amor. Estão as ruas Deus lhe Pague em Santa Maria no Rio Grande, (do) Cálice no Colônia Terra Nova em Manaus, a de [todo] Sentimento em Belford Roxo. A (rua) Iolanda no Riachão em Nova Iguaçu, a (rua) Roda Viva no Santa Luzia em Unaí, a (rua) Acalanto no Tamanduateí em Santo André e (rua) Bom Conselho no  Tanque em Jacarepaguá. É muito (caminho) Chico Buarque de Holanda em Barra de Guaratiba, na Cidade Maravilhosa.

Caminhando e cantando, seguindo a canção. Para cantar tem que se ter um certo (rua) Gingadinho no Capão Redondo, um (rua) Coração Noturno no Itaquera, cantar um choro chorado pelos (rua dos) Chorões na Pedreira. Pode ser uma (rua) Canção Agalopada no Conjunto Habitacional A E Carvalho, ou uma (rua) Música do Dilema no Capão Redondo. Um (rua) Pierrô Apaixonado de Noel Rosa no Iguatemi com certo ar de (rua) Jeca Tatu no São Miguel. A (rua) Lua Luminosa no Itaquera, sempre nos traz uma (rua) Ternura Antiga no Iguatemi; é pura (rua) Maravilha Tristeza no Raposo Tavares. As (rua) Verdades e Mentiras no Itaim, sempre será (rua) Superbacana no Itaquera, e (rua) Sempre Brilhará, não importa quando, Narciso não achará feio o que é (rua) Espelho Mágico no Itaim. A (rua) Saudade Triste na Vila Jacuí, é o (travessa) Último Desejo no Jardim da Conquista, para as nossas (travessa) Evidências no Jardim da Conquista. Fica aqui nosso (rua) Grito de Alerta em Fortaleza, porque (rua) Somos Todos Iguais no Jardim Conquista. Acho que ando (rua) Sentimental Demais no Iguatemi. Não só a é (travessa) Canção Excêntrica, no Campo Belo, os logradouros também…

Buquês e ramalhetes. Está no (rua) Buquê de Flores em Campo Grande no Rio de Janeiro, são (rua das) Flores em Padre Miguel, para os (rua dos) Apaixonados no Catu de Abrantes em Camaçari, para o (rua) Enamorado da Vila no Anil em Jacarepaguá. Para os (beco dos) Casados em Santo Amaro no Recife, para os (travessa dos) Solteiros no Calebetão, Salvador e para os (rua dos) Solteirões no São Bento em Boa Vista. Pode ser (rua do) Bonito no Braz ou uma (rua) Linda Flor em Campo Grande, não importa, traz sempre boas (rua das) Recordações no Santo André em Poços de Caldas.

Olhos nos olhos. Nas ruas podem ser: Mansos no Águia de Haia, D’Água em Conceição da Feira na Bahia, Claros na Redinha em Natal, do Coração no Jardim Antártica, Verdes, Castanhos ou Azuis no Gabriela em Feira de Santana, de Tigre no Mutinga em Osasco, Vivo no Jardim Bartira, de Águia em Camaçari, D’Água das Flores no Jardim Carvalho em Guarulhos ou do Cego Aderaldo no Crato, Ceará.

Estapafúrdia passagem sem pé nem cabeça. Bradam os alcaides: (rua) Eureka na Vila Maria; vamos dar nomes bizarros e excêntricos aos logradouros públicos! É um tal de rua Cabo Gato nos Peixinhos, em Olinda – ah se o gato pega. Rua Cará-Mimoso se suprimirem o acento…, Rua Noite e Dia, Jardim São Carlos – não é uma “Rua 24 Horas”. Pintos valentes, Valentes Pintos. O Celestino, Adelio e o José em Duque de Caxias e o Luiz no bairro Cidade Jardim Taquaril em Belo Horizonte. A rua Grinalda de Noiva no São Miguel deve ser para apresentar o objeto à rua Cinderela no Jardim Paulista ou para a rua Branca de Neve em Sepetiba e seus (rua) Sete Anões no Santa Teresinha em Mesquita.

Nunca esqueça no fim do ano de enviar um (travessa) Cartões de Natal no Tucuruvi. A praça dos Enfartados em Mogi das Cruzes, cruzes(!), se dá por que o sujeito descobriu ser (rua do) Corno em São Luiz do Maranhão? Se não tomar banho vira (rua do) Cascão no Loteamento Costa Verde em Campo Grande, Mato Grosso? E o (rua) Pato Donald no Parque Dourado em Ferraz de Vasconcelos é amigo do (rua) Mickey em Albatroz no Imbé no Rio Grande, namorado da (rua) Minie no Waldir Lins II em Gurupi no Tocantins? Todos filhos de (rua) Walt Disney, nos Campos Elísios em Taubaté, terra de Monteiro Lobato.  Em baixo d’água dá para ouvir (rua) Música Aquática no Jardim Duprat – grande Maestro -, em Sampa? E a (rua da) Feia em Búzios é feia mesmo? Na dúvida de algo pergunte a (rua) A Sensitiva no Jardim Novo Campos Elíseos em Campinas. A Rua Chaveslândia no Jardim São Gabriel, é a casa do Chaves? A rua Sol da Meia-Noite no Jardim Helena confronta com a Travessa Sol do Meio-Dia no Iguatemi? A Travessa Sonho de um Carnaval, no Iguatemi, é uma (rua) Viagem ao Céu, no Sacomã para  chegar na (travessa) Na Paz do Seu Sorriso  no Iguatemi? E o (rua) Reinado do Cavalo Marinho na Cidade Tiradentes, será um cowboy aquático? Não é só aqui, em Lisboa há ruas com nomes ‘perfeitos’: Escadinhas da Porta do Carro, Jardim das Pichas Murchas – é exatamente o que você pensou -, A Triste-Feia (tadinha), Azinhaga (atalho) da Bruxa e o Beco da Bicha – não é o que você pensou.

Para chegar ao destino é necessário o primeiro passo, no passo a passo, pé ante pé, chegamos lá. É muita (rua da) Recordação no bairro Basílica em Congonhas.

Sem querer fui me lembrar, de uma rua e seus ramalhetes. Virou crônica em cinco capítulos. Quase um filho de (rua) Cuca Legal no bairro Gabriele em Feira de Santana, Bahia.

Rua Ramalhete, Belo Horizonte: os Beatles não vieram, mesmo assim nós cantamos todas as canções que queríamos ouvir!

Salve Tavito e Salve Ney!

*Carlos Monteiro, 62, é cronista, jornalista, fotógrafo e publicitário carioca. Flamenguista e portolense roxo, mas, acima de tudo, um apaixonado pela Cidade Maravilhosa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s