Número de mortos sem comorbidade cresce de 5% para 13,5%

Óbitos de pessoas com menos de 60 anos por covid-19 passa de 12% para 20% em Londrina

Nelson Bortolin

O número de mortes por covid-19 em Londrina cresceu 148% neste ano. A comparação é entre os 71 primeiros dias de 2021 (de 1º de janeiro a 12 de março) e os 71 últimos dias de 2020 (22 de outubro a 31 de dezembro). No primeiro período foram 140 mortes e, no segundo, 347.

Proporcionalmente, o número de mortes de pessoas sem comorbidades, segundo boletim da Prefeitura, quase triplicou. Foram 7 pessoas nos últimos 71 dias do ano passado, ou 5% do total. Já, neste ano, são 47 pessoas falecidas sem comorbidade, ou 13,5% do total.

A mortalidade (porcentagem de mortos em relação ao total de casos confirmados) subiu de 1,36% para 1,84% do primeiro para o segundo período analisados.

A pandemia também está vitimando pessoas mais novas. A proporção de mortos com menos de 60 anos passou de 12% para 20%. A idade média dos mortos baixou de 73,3 para 71,3 anos. E a mediana, desceu de 75 pra 73 anos.

Nesta sexta-feira, Londrina bateu o recorde de média diária de mortes. Nos últimos sete dias, morreram 8,6 londrinenses por covid por dia. No início do ano, a média era de 3,1 e, no dia 22 de outubro do ano passado, de apenas 1,6.

Foram registrados 281 novos casos na sexta-feira. Havia 173 londrinenses internados, sendo 73 em UTIs.

Um comentário em “Número de mortos sem comorbidade cresce de 5% para 13,5%

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s