Pesquisa que envolveu o HU atesta não eficácia da hidroxicloroquina contra Covid-19

Maior estudo realizado no Brasil até agora acompanhou 665 pacientes em 55 hospitais, incluindo o Hospital Universitário de Londrina

Da Redação

Pesquisa realizada pelo grupo Coalizão Covid-19 – que envolve os principais hospitais do país – concluiu que o uso da hidroxicloroquina em pacientes com sintomas leves ou moderados de Covid-19 é ineficaz. A informação é da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo. O estudo envolveu 55 instituição de saúde de todo o país, incluindo o Hospital Universitário (HU) de Londrina.

Em 28 de maio, a médica intensivista Cíntia Grion, coordenadora da pesquisa HU, concedeu entrevista à Lume detalhando a metodologia empregada. Na ocasião ela revelou sua “opinião de expert” sobre o uso do medicamento nos pacientes internados.

“Aqui na mostra em Londrina parece não ter feito diferença, não conseguimos detectar. Mas a minha percepção não pode ser considerada evidência científica”, disse à época.

O uso da cloroquina e da hidroxicloroquina tem sido exaustivamente defendido pelo presidente Jair Bolsonaro desde o início da pandemia. Contaminado pelo novo Coronavírus, ele chegou a expor caixas do medicamento em uma live nas redes sociais e para apoiadores na entrada do Palácio da Alvorada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s